Pilecco Nobre comunica o planejamento da empresa para a próxima safra 2018/2019

IMG_7005

A empresa Pilecco Nobre realizou na última segunda-feira dia 20/08 mais uma reunião com produtores, sendo que esta foi com o objetivo de divulgar as medidas relacionadas ao planejamento para próxima safra 2018/2019, o evento contou também com a presença de lideranças do setor, representantes de instituições financeiras, empresas comercializadoras de sementes e veículos de imprensa.

Primeiramente foi realizada uma abordagem relacionada ao momento atual que o setor orizícola e a economia como um todo está passando, e as dificuldades originadas pela alta frequente nos custos de produção, a exemplo dos fertilizantes e outros insumos como combustíveis e energia, associados as exigências burocráticas que estamos submetidos, as quais além de nos impor  mais custos geram insegurança fiscal, tributária e jurídica, contribuindo para elevação dos custos pois obrigam as empresas a investir em consultorias e adequações.

Diante deste cenário e da constatação de uma tendência de mercado em nivelar os preços do arroz por baixo, a empresa Pilecco Nobre decidiu por concentrar seu foco na qualidade e reduzir sua produção com variedades comuns em torno de 20% a 30%, e desta forma comunicou que não irá receber na próxima safra as seguintes variedades de arroz:  BR Irga 424, BR Irga 430, Guri, Olimar, Pampa e Pampeira.

A empresa está consciente que tal medida trará impactos e por isto está estabelecendo um diálogo franco com os produtores, para que os mesmos possam antecipadamente se programar e também se planejar. Necessário dizer que também haverá impactos por conta da necessidade em adequações de processos que estão sendo automatizados e consequentemente ocorrerá redução específica de determinados postos de trabalho.

Deverá ocorrer um impacto também com relação a arrecadação municipal tendo em vista que o Grupo Pilecco Nobre representa cerca de 17% da arrecadação de ICMS do município.

Contudo o Presidente do Grupo Sr. Onélio Pileco salienta que “estas medidas são corajosas e necessárias para a Pilecco Nobre permanecer na condição de empresa sólida e saudável, de maneira a garantir segurança a seus clientes, fornecedores e colaboradores”.